BIO / CV
170517_SylbyPit_MG_9769_baixa.jpg

Biografia

 

Sylvia Sanchez trabalha entre a fotografia encenada, a performance de instrução e o audiovisual. Investiga pequenas subversões da dita normalidade cotidiana: o incontrolável, o ilusório, o improvável, o estranho, o inútil. E o que eles podem carregar de político, lúdico e/ou trágico.

 

Sua poética parte do nonsense, do deslocamento dos usos dos espaços e objetos e do diálogo com o realismo fantástico, para confrontar opressões e zonas de conforto - padrões homogeneizantes, “verdades absolutas”, a lógica da produtividade, o individualismo.

 

Sylvia vive e trabalha em São Paulo. É também diretora de fotografia pela Cardamomo Filmes, da qual é sócia-fundadora, e educadora. Em 2019, realizou sua primeira exposição individual com a série Crônica de Banalidades Ordinárias, no MIS-SP. Em 2020 participou do edital Meios e Processos da Fábrica de Arte Marcos Amaro (Itu/ SP).

Currículo

Formação Acadêmica

2002 - 2004 | Formação em Design Gráfico, Panamericana Escola de Arte e Design

1997 - 2002 | Bacharelado em Publicidade e Propaganda, Escola de Comunicações e Artes/ Universidade de São Paulo (ECA-USP)

Exposições Selecionadas

2021 | Fotógrafas LATAM, Galeria 59 Rivoli, Paris, França. Coletiva.

2021 | Lançamento da plataforma Mulheres Luz. Coletiva online

2021 | FIFV 2020.2: Amor y Política, Cómo vivir juntos?, Taller República 760. Valparaíso, Chile. Coletiva.

2020 | Festival QXAS, Quixadá e Quixeramobim, CE. Coletiva online.

2020 | FestFoto Poa, Porto Alegre, RS. Coletiva online.

2020 | Foto Sururu, Maceió, AL. Coletiva online.

2019 | Crônica de Banalidades Ordinárias. 25º Festival de Teatro de Presidente Prudente, SP. Individual.

2019 | Crônica de Banalidades Ordinárias. MIS-SP/ Projeto Nova Fotografia, São Paulo, SP. Individual.

2019 | Projeção Coletiva Wall / FOTOHAUS, Arles, França. 

 

Coleções

Crônica de Banalidades Ordinárias. MIS-SP - Coleção Nova Fotografia. São Paulo, Brasil. Adquirido em 2019.

Publicações

Entrevista. Revista Tangerine #8. Maio, 2021. P.196-207.

 

Residências Artísticas e Mentorias

2021 | Leitura de Portfolios do 1º FFALA (Festival de Fotografia Latino Americana)

2020 | Meios e Processos, Fábrica de Arte Marcos Amaro, Itu-SP. Orientação de Kátia Salvany e Andrés Hernández 

2020 | Visionado de Portafolios FIFV (Festival Internacional de Fotografia de Valparaíso)

2018-2019 | Mentoria com Lívia Aquino

Ensino

Desde 2016: mentora autônoma para fotógrafos e artistas visuais

2010 a 2019: docente, Panamericana Escola de Arte e Design. Curso: Formação em Fotografia

2018: palestrante, PAX (Panamericana Experience). Tema: Realidade e Ficção na Fotografia

2015: palestrante convidada, PhotoImage Brasil/ Digipix. Tema: Narrativas Visuais

2013: educadora, Sesc Consolação/ Click Clube. Curso: A construção da imagem fotográfica

2004 a 2009: educadora, ONG ImageMagica. Fotografia para discussão da cidadania e profissionalização

2002 a 2005: mediadora, Educom-Rádio/ ECA-USP. Mediação em educomunicação

 

Projetos curatoriais e de produção cultural

2019 | Centro e Margem, Galeria da Panamericana Escola de Arte e Design. Co-curadoria com Elcio Ohnuma, Claudia Ferreira, Cassiano Mendes e Ivan Padovani

2015 | Essa cidade é invisível? SP/ NYC, Centro Cultural São Paulo (SP) e Leica Gallery (NYC). Coordenação geral, produção e produção executiva. Curadoria de Baixo Ribeiro (Choque Cultural) e Jeanne Hilary (Bicycle Utopia).

 

+55 11 96472 4280 (celular e whatsapp)

sylseganfredo@gmail.com